Soja, por AgResource Brasil: Expectativas & Colheita EUA

O mercado aqui em Chicago oscilou nesta terça-feira (10) em ambos os lados (alta e baixa), encerrando praticamente inalterado. Opera- dores de soja e milho se preocupam cada vez mais com as projeções climáticas para a América do Sul, que até o momento trazem uma estiagem neste começo de plantio.  A demanda mundial por oleaginosas se mantém aquecida, o que coloca uma mentalidade de “mergulhos nas compras” nos gestores de fundos, quando há oportunidades e quebras temporárias do mercado. O mercado deve continuar sem fortes tendências no curto prazo, um fechamento da soja-novembro acima dos $9,77 pode mudar esta disposição das cotações. A AgResource acredita que frente às preocupações de clima na América do Sul, o mercado deve ar- riscar numa modesta cobertura de vendas, trazendo uma alta para os preços, frente o relatório do USDA, da quinta-feira. A colheita de soja nos EUA segue em ritmo bem lento, com as chuvas intensas dos últimos dias. Até este último domingo, o USDA estima que apenas 36% da soja já foi colhida, contra 41% no ano passado e 43% da média de 5 anos.

Estimativas Conab

A CONAB publicou nesta terça-feira as suas primeiras estimativas de safra 2017/18 para o Brasil. As áreas de soja e milho foram elevadas, seguindo uma tendência normal de crescimento. Dentro de um raio, o órgão estimou a área de soja de 34,46 até 35,20 milhões de hectares plantados na safra que está sendo plantada agora. A AgResource mantém suas estimativas de julho, em 34,5 milhões, baseado em seus modelos de correlação entre preços físicos e tendência média de crescimento. A produção total estimada pela CONAB, de 106 a 108,25 MT condiz com a com a atual situação da safra brasileira. A qual ainda está apenas nos primeiros passos, onde as condições climáticas para os próximos meses ainda continuam sem definições especificas. A AgResource inicia com uma estimativa de produção final em 108,5 MT, usando produtividade de tendência (baseado no aumento dos últimos 30 anos) e suas projeções de área para a atual safra de soja brasileira.