Soja: Mercado trabalha com estabilidade em Chicago nesta 6ª feira após semana de volatilidade

Depois de uma semana de intensa volatilidade e baixas expressivas, o mercado da soja na Bolsa de Chicago opera com estabilidade na manhã desta sexta-feira (4). Os futuros da oleaginosa, por volta de 7h55 (horário de Brasília), trabalhavam em campo misto e com oscilações bastante moderadas, de menos de 1 ponto. O vencimento novembro/17, assim, era cotado a US$ 9,60 por bushel.

A atenção dos traders ainda se mantém sobre o clima nos Estados Unidos e este deverá ser o padrão, segundo analistas e consultores de mercado, por pelo menos mais vinte dias, até que a safra norte-americana seja concluída.

Ao mesmo tempo, o mercado também se prepara, paralelamente, para o novo reporte mensal de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), que chega na próxima quinta-feira, 10 de agosto.

As primeiras expectativas para o boletim é de uma produtividade menor não só para a soja – de 47,4 bushels por acre – como para o milho, de 165,9 bushels. No relatório de julho, esses números vieram, em respectivamente, 48 e 170,7 bushels por acre.