Feijão-carioca: Exigência de qualidade diminui, mas o preço não

Os compradores que estão atrás de preço se contentam em passam a aceitar qualidade pior a cada dia. Assim, o Feijão nota 8 que era R$ 100 agora é substituído por um grão menor e nota 7,5, e ainda com mais defeitos.
O aumento da boa vontade dos compradores tem sim a ver com a determinação de quem ainda tem Feijão de boa qualidade e não aceita mais com facilidade ofertas de valores mais baixos.

Ontem vários produtores relataram que houve mais consultas, ainda que não tenham necessariamente resultado em maior volume de negócios.

Quanto às gôndolas, o produto vem fluindo bem. O varejo observa o restante da economia e passa a ter um sentimento mais otimista para os dias à frente.